simbolo da psicologa
Fernanda Soibelman Kilinski - psicóloga


Tensão Pré-Vestibular

Durante o período que antecede o vestibular, alguns vestibulandos experimentam um aumento na ansiedade, mudanças de humor, fadiga, etc.

Muitos pais não sabem como reagir nesta situação. Será que é melhor pressionar visando melhor desempenho? Será que o melhor é não se intrometer?

Durante o vestibular e o período que o antecede, é imprescindível que se considere que não é só o conteúdo que é importante, o vestibulando também tem que estar bem emocionalmente para enfrentar as provas. Com certeza seu estado emocional vai contribuir no desempenho final.

O papel da família neste caso é, além de dar o apoio necessário, estimular que o estudante mantenha um ritmo saudável de estudo com intervalos de lazer e períodos de relaxamento, além de proporcionar uma escuta às angústias e ansiedades vividas neste momento. Quanto menos a pessoa fala sobre seus problemas, mais ela sufoca suas emoções, causando às vezes explosões de sentimentos sem motivo aparente.

A pressão dos pais, por um lado, pode trazer ansiedade e atrapalhar na concentração. Porém, na ausência dela, quando encontramos um estudante disperso, pode ser que signifique falta de motivação. Cada caso é singular, por isto é preciso entendê-lo separadamente.

A ansiedade vem naturalmente no momento em que o estudante presta vestibular. Ele tem uma expectativa interna e externa de mostrar que é capaz. Ela pode se apresentar de diversas formas e, nos casos mais graves, pode levar a uma doença psicossomática (por exemplo, gastrite, doenças de pele, doenças respiratórias, etc.).

Não existe uma fórmula mágica para que a ansiedade desapareça na hora da prova, porém é válido considerar algumas dicas que podem ajudar a aliviar o nervosismo: exercícios respiratórios de relaxamento, boa noite de sono, alimentação correta, procurar não estudar antes do início da prova (o que pode gerar um aumento no nível de ansiedade), confiança em si mesmo.

Se o nervosismo e ansiedade estiverem atrapalhando no desempenho na prova, é aconselhável procurar ajuda de um psicólogo.

Confira fotos dos bastidores da entrevista que a psicóloga Fernanda Soibelman deu ao programa Rio Grande no Ar sobre o tema em 08/01/2014.


Voltar



Consultório localizado no Bairro Petrópolis em Porto Alegre
Rua Prof. Langendonck 57, sala 502 Petrópolis, Porto Alegre - RS - Fone: (51) 99636-2919*
* caso esteja em consulta retorno a ligação em seguida
fsoibelman@gmail.com