simbolo da psicologa
Fernanda Soibelman Kilinski - psicóloga


Compreendendo a Timidez

Podemos definir a timidez como desconforto e inibição em situações de interação pessoal, interferindo em aspectos particulares e profissionais de quem a sofre.

É preciso esclarecer que a timidez, em princípio, não é um problema. Todos nós possuímos traços (insegurança, vergonha, rubor, etc.) em determinadas situações. A timidez pode ser entendida como um jeito de ser, um estilo de personalidade. Podemos caracterizá-la pela grande preocupação com atitudes, pensamentos e reações dos outros.

Em grau moderado, todos nós somos afetados pela timidez. Ela pode funcionar como um mecanismo de defesa que possibilita à pessoa avaliar situações novas através de uma atitude de cautela e buscar uma resposta adequada para a situação, impedindo que cometamos excessos mal aceitos pela sociedade.

Pessoas tímidas costumam ser mais sensíveis a criticas, geralmente acham que serão alvo de avaliações negativas e podem, inclusive, abusar do álcool e drogas para se desinibir. Neste último caso é indispensável a ajuda de um psicólogo.

O problema se dá quando o nível de timidez é muito elevado, causando prejuízos nos diversos aspectos da vida do indivíduo. Ela pode estar associada também a uma baixa autoestima.

Nos casos mais extremos pode chegar a uma fobia social, fazendo-se necessária uma intervenção de um profissional.

Voltar



Consultório localizado no Bairro Petrópolis em Porto Alegre
Rua Prof. Langendonck 57, sala 502 Petrópolis, Porto Alegre - RS - Fone: (51) 99636-2919*
* caso esteja em consulta retorno a ligação em seguida
fsoibelman@gmail.com