simbolo da psicologa
Fernanda Soibelman Kilinski - psicóloga


Vício em Internet

O prejuízo que pode trazer o uso excessivo da internet está na finalidade de seu uso. O indivíduo se torna escravo das imagens, dos jogos, das soluções prontas, em detrimento do real, das relações, da interação com as outras pessoas. O sujeito se isola, se emudece, trocando a satisfação na relação com a família e amigos, atividades... faz do computador seu melhor amigo.

O vício em internet ainda é algo novo que precisa ser conhecido mais profundamente pela psicologia, mas já temos algumas nomenclaturas para designar alguns dos diferentes tipos: Nomofobia: sensação angustiante de ficar sem o celular ou longe dele Transtorno de dependência da internet: vontade compulsiva de acessar a internet mesmo sem saber exatamente o que acessar Vício em jogos online

A reaproximação com a família é muito importante nestes casos, tanto na recuperação como na prevenção e, no caso de crianças, é imprescindível que os pais imponham limites no uso da internet.

Alguns prejuízos que o uso excessivo da internet pode trazer é o isolamento social, sintomas depressivos, dependência, prejuízo profissional, etc. Em alguns aspectos pode ser comparado ao dependente químico.

A internet começa a se tornar um vício quando a pessoa deixa de fazer suas atividades do dia-a-dia (tarefas profissionais, refeições, compromissos...), deixa de encontrar pessoas "ao vivo", gasta valores muito altos na internet, arrisca seu emprego, tem mais amigos virtuais do que reais...

O mundo virtual pode ser um território de experimentação do desejo e da fantasia, podemos construir e reinventar a nós mesmos, mas também podemos nos alienar. Isso dependerá dos tipos de laços sociais que cada um vai estabelecer. A internet pode ser muito benéfica no desenvolvimento de habilidades sociais para pessoas muito tímidas ou até mesmo fóbicos sociais, mas espera-se que, conforme o indivíduo sinta-se mais seguro, ele consiga gradualmente ir transportando essas aquisições para o mundo real, nos seus relacionamentos. Ela pode ser uma ferramenta de aproximação das pessoas se soubermos usá-la de forma equilibrada, mas o que vemos hoje é um uso equivocado, que potencializa tendências de isolamento, tendências depressivas, entre outras.

Voltar



Consultório localizado no Bairro Petrópolis em Porto Alegre
Rua Prof. Langendonck 57, sala 502 Petrópolis, Porto Alegre - RS - Fone: (51) 99636-2919*
* caso esteja em consulta retorno a ligação em seguida
fsoibelman@gmail.com