(51) 9.9636-2919

contato@fernandapsicologa.com.br

Rua Professor Langendonck, 57/502

Petrópolis, Porto Alegre - RS

Como é uma análise no divã?

A análise é diferente da psicoterapia por vários motivos.

Em primeiro lugar, a análise exige uma frequência maior do que uma consulta por semana. Só isso já indica que ela vai muito mais a fundo do que uma psicoterapia.

A análise pode ser feita na poltrona, mas a forma mais indicada é que seja feita no divã. Estar deitado proporciona um estado de maior relaxamento e favorece a associação de ideias. Além disso, não enxergar o analista permite que se fale mais livremente, sem que o analisando fique preocupado em cuidar as reações do analista aos conteúdos que traz. De costas para o analista, o analisando tem a sensação de estar falando sozinho, o que diminui suas resistências e permite falar sobre determinados assuntos com maior facilidade. Não vê-lo e não ter acesso às suas reações provoca a sensação de que o analista fala menos, mas isso não quer dizer que o analista fique mudo, ele continua fazendo todas as intervenções necessárias.

A psicoterapia também tem papel importante e pode ajudar muito. Nem todo mundo tem a disponibilidade necessária para uma análise e nem todo mundo se adapta a esse modelo. Ambas as formas de tratamento têm suas vantagens e desvantagens; o mais importante é o desejo do paciente de enfrentar seu sofrimento.

×
Close Bitnami banner
Bitnami